Confira 4 dicas para higienização para piscina de motel

Higienização para piscina de motel

Hóspedes que optam por estadias de curto prazo em motéis estão em busca de privacidade. No entanto, além de um ambiente aconchegante e prazeroso, há outras questões que são avaliadas por eles. Um motel com piscina e hidromassagem, por exemplo, destaca-se entre os concorrentes e atrai mais público, por isso devemos ter cuidado com higienização para piscina de motel.

Mas é válido salientar que não basta oferecer uma boa estrutura aos visitantes. Por exemplo, a higienização é um dos fatores que são relevantes e merecem total atenção sua. Até porque os ambientes são fiscalizados pela Vigilância Sanitária e devem estar em conformidade com a lei.

Acompanhe nosso conteúdo e confira dicas de higienização que não podem faltar em um motel com piscina. Garanta o conforto e, ao mesmo tempo, a saúde dos seus visitantes!

4 dicas de higienização para piscina de motel

As principais dicas de higienização para um motel com piscina são:

1. Preste atenção na limpeza das bordas e da área externa

Usualmente, há uma preocupação com a higienização interna da piscina. No entanto, é interessante saber que a área externa também deve ser bem higienizada. Lembre-se que, à primeira vista, os hóspedes checarão as condições de higiene do ambiente.

O processo de limpeza deve começar pelas bordas e pelo entorno da piscina, para a remoção das impurezas acumuladas. Assim, você evitará que sujeiras ou outros objetos caiam na água.

Uma dica importante é: utilize produtos específicos para cada área. Se a piscina do seu motel possui um deck de madeira, por exemplo, um produto específico para esse material deverá ser utilizado.

Não esqueça dos demais acessórios da piscina, como escadas e cascatas, que exigem o mesmo cuidado em termos de higienização e manutenção.

2. Controle a oleosidade da água com processos e produtos específicos

Dependendo da frequência de uso, é comum que a superfície da água seja tomada por pontos de oleosidade, que podem, inclusive, ser notados a olho nu. O problema surge devido aos produtos cosméticos utilizados pelos usuários, principalmente cremes corporais, óleos hidratantes e protetores solares.

Nesse sentido, o tratamento da água em sua superfície é recomendado. Mas o que fazer?

Se a oleosidade for pequena, o simples uso do cloro é capaz de removê-la com êxito. No entanto, caso se apresente em grandes quantidades, vale adotar alguns processos, como:

  • realizar a supercloração da água (tratamento de choque), atingindo 5 ppm (partes por milhão);
  • filtrar a água com o skimmer aberto;
  • utilizar produtos químicos específicos para o tratamento da oleosidade, atentando-se às instruções de cada fabricante.

3. Tome cuidado com o revestimento interno ao fazer a higienização para piscina de motel

O revestimento interno na piscina também deve ser higienizado periodicamente. Longos períodos sem limpeza são propícios para a formação de algas, o que não é higiênico e, muito menos, seguro.

Nesse processo, também vale considerar o tipo de material utilizado na fabricação da piscina.

Piscinas de fibra exigem produtos químicos menos abrasivos, por se tratar de um material mais sensível. No entanto, mesmo que sua piscina seja de pastilhas ou azulejos, é interessante utilizar produtos específicos, que não deteriorem o revestimento.

Como regra geral, utilize escovas macias. Cerdas duras ou palhas de aço podem arranhar a parte interna, forçando manutenções desnecessárias.

4. Conduza o tratamento da água com controle de pH

Para manter-se saudável para uso, a água deve ser testada e tratada periodicamente. O pH, por exemplo, é uma das métricas que devem ser acompanhadas com regularidade em um motel com piscina.

Quando a água se encontra com um nível de pH abaixo ou acima do ideal, há reflexos diretos na saúde dos usuários, que podem sofrer com irritações na pele, ardência nos olhos e outros problemas.

Você sabia que o nível de pH ideal para a água da piscina é entre 7,2 e 7,6? Essas medidas são similares às apresentadas pelas lágrimas humanas. Sendo assim, a vista dos usuários é preservada, reduzindo as chances de irritação.

Poucos sabem, mas o ozônio é uma opção potente para o tratamento da água. Trata-se de um bactericida, algicida, fungicida e viricida capaz de eliminar os micro-organismos 3.120 vezes mais rápido que o cloro!

Além de manter a piscina sempre higienizada e pronta para uso, uma boa pedida para elevar o nível de conforto dos visitantes é implementar um sistema de aquecimento de água para piscinas. Certamente, esse plus fará toda a diferença para atrair clientes, especialmente nos meses de inverno.

Gostou do artigo? Para saber como o seu motel com piscina pode se tornar referência no mercado, acompanhe as nossas redes sociais: Facebook e LinkedIn!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.